sábado, 31 de janeiro de 2015

União é a palavra de ordem na política de José da Penha.

O prefeito Antonio Dólar tem trabalhado muito nestes dois primeiros anos de administração. Não temos nenhuma estatística de aprovação popular, mas pela satisfação dos jpenhenses podemos dizer que o prefeito goza de um alto índice de aprovação.

"Existe um trabalho continuo e sincronizado de todos os secretários municipais, isso tem feito à diferença na nossa administração"Disse David Fontes, secretário de Administração e Finanças.
 
O prefeito tem trabalhado em todas as partes da cidade melhorando a infraestrutura urbana e rural da cidade. Estas melhorias tem trazido o desenvolvimento sócio, econômico e cultural para população jpenhenses. Uma das pastas mais elogiadas da administração é a saúde, o prefeito Antonio Dólar tem recebido vários elogios pelos programas e atendimentos na área da saúde.

Na ultima quinta feira (29), na pizzaria Água na Boca, nos deparamos com um encontro casual entre o prefeito Antonio Dólar e o ex-vereador Carlos José que disputou a prefeitura nas ultimas eleições municipais, ainda estavam presentes ao encontro o deputado estadual Carlos Augusto e Dr. Abel Filho prefeito da cidade de Rafael Godeiro.

O ex-vereador Carlos José tratou de dar conotação política ao encontro e disse repetidas vezes: “Antonio, nós estamos abertos ao diálogo, vamos conversar, podemos tentar um entendimento”. O prefeito acenava ao ex-vereador afirmando que tinha total interesse por este diálogo.

Carlos José teceu vários elogios à gestão do prefeito Antonio Dólar. “Não temos como negar o prefeito melhorou muito a educação e a saúde pública de nossa cidade nestes dois primeiro anos de administração” disse Carlos José, líder da oposição da cidade de José da Penha.

Manifestação pela a Permanência do Reverendíssimo Padre José Rogério Quirino.

A nossa cidade encontra-se ressentida com a saída do pároco José Rogério Quirino da nossa paróquia. Sem entrar no mérito das causas que proporcionaram este acontecimento, o fato é que todos nós que compomos a população jpenhense gostaríamos de expressar a nossa solidariedade para com a nossa igreja católica que tem exercido importante papel diante do nosso povo. Que soluções urgentes possam ser adotadas e a igreja de São Francisco possa ter a sua condição de normalidade restabelecida.

Rezemos para que tudo se resolva da melhor maneira possível.

Prefeitura Municipal de Major Sales emite nota esclarecendo os motivos do cancelamento do Major Folia 2015.



Prefeitura Municipal de Major Sales
Gabinete do Prefeito


COMUNICADO no 001/2015


O Prefeito Municipal de Major Sales, Estado do Rio Grande do Norte, no uso de suas atribuições legais;

Considerando as disposições do inciso I, do art. 5o e II, do art. 68, da Lei Orgânica Municipal;

Considerando as disposições do art. 91, da Lei Orgânica Municipal – “A atividade da administração do município obedecerá, sob pena de nulidade do ato aos princípios de legalidade, finalidade, razoabilidade, impessoalidade, moralidade, publicidade, licitação, responsabilidade, transparência e participação popular, obrigando-se, por conseguinte, a aplicar os recursos públicos em benefício do bem estar social e econômico da comunidade.”;

Considerando a situação de emergência no município de Major Sales, decretada pelo Governo do Estado do Rio Grande do Norte, em decorrência da escassez de chuvas, que tem causado prejuízos econômicos à sua população

Considerando que a atual situação financeira do município exige da Administração Municipal a adoção de providências, visando a contenção de despesas e racionalizar a alocação de recursos públicos de modo a priorizar despesas fixas, eventuais obras, serviços permanentes, urgentes e prioritários ao atendimento das necessidades dos munícipes

Considerando que o município de Major Sales, em razão das perdas sistemáticas nos repasses do FPM, não reúne condições financeiras de realizar em 2015 qualquer investimento para o Carnaval, sob pena de prejudicar o atendimento de serviços essenciais à sua população.

Considerando que Administração Municipal está envidando todos os esforços para a atualização dos salários dos servidores, melhorias nas estruturas físicas do Hospital e Maternidade “Mãe Tete”, das Escolas Municipais Antonio José da Rocha, Tonheira Germano e do Centro Educacional São João Batista – CRECHE.

Considerando que a realização de qualquer outra despesa, de grande vulto, em plena crise econômica, consubstanciaria a violação aos princípios constitucionais da moralidade administrativa e da legalidade, previstos no art. 37, da Constituição Federal.

Considerando que a Administração Municipal deve agir com prudência e cautela na tentativa de manter a estabilidade econômico-financeira para que a crise não afete diretamente os serviços de saúde, educação, agricultura, cultura, esporte, e os demais serviços públicos;

RESOLVE: COMUNICAR à população em geral que a Administração Municipal decide não realizar o Carnaval neste ano de 2015, em razão dos motivos acima justificados, e ao mesmo tempo pede a compreensão de todos.


Gabinete do Prefeito do Município de Major Sales/RN, aos 30 de janeiro de 2015.



Thales André Fernandes
PREFEITO MUNICIPAL

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Em São Francisco do Oeste, população interdita BR 405 durante protesto por água.


Matéria publicada pelo Jornal de Fato (Veja AQUI) destaca que os moradores do município de São Francisco do Oeste interditaram na manhã desta quinta-feira (29), um trecho da BR 405 devido a falta do abastecimento de água. Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais do município, Nelson Mandela, várias solicitações foram feitas ao Governo do Estado, Prefeitura e Câmara de Vereadores de São Francisco do Oeste, contudo, nada foi resolvido.

A revolta torna-se maior porque às margens da cidade passa uma adutora de engate rápido que poderia favorecer a população. Como a população do município enfrenta sérias dificuldades de abastecimento, querem que a água que é levada pela adutora de engate da Barragem de Santa Cruz para Pau dos Ferros abasteça também a cidade de São Francisco do Oeste.

Como isto não acontece, eles fecharam a BR 405 por volta das 6h da manhã desta quinta-feira (29), com paus, pneus e fogo. A Policia Rodoviária Federal foi ao local negociar com os moradores de São Francisco do Oeste. Eles argumentam que esperam a presença de representantes da Companhia de Água e Esgotos do Rio Grande do Norte ou do Governo estadual sobre uma posição para minimizar os efeitos da falta de água no município.
"Só vamos sair daqui se alguém da Caern ou do Governo do Estado vir falar com a gente. Queremos ações concretas para resolver o nosso problema e não somente verbalmente. Se preciso for ficaremos aqui durante todo o dia e se ninguém aparecer vamos retornar amanhã para protestar novamente até que uma solução seja feita", disse o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais do município.

Nelson Mandela ainda frisou que os poços artesianos existentes não abastecem nem 1% da população, além do açude municipal ter secado completamente. O presidente do sindicato ressalta que os moradores se valem dos carros-pipa. Porém, não são todos que tem condições de pagar. "As pessoas chegam a pagar por mi litros R$ 10,00. Aqueles que não têm vão a prefeitura que libera os carros-pipa. Mas demora um pouco, algo em torno de uma semana".
 
Política Pauferrense



FPM do dia 30 virá com aumento de 13,4% em relação ao mesmo período de 2014.


O último repasse de janeiro do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) será de R$ 2.332.019.350,43. O montante será creditado nas contas das prefeituras nesta sexta-feira, 30 de janeiro.

Sem a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), o valor bruto é de R$ 2.915.024.188,04. Este repasse teve um crescimento de 13,4% em termos nominais, em comparação com o terceiro decêndio de janeiro de 2014. Ao considerar a inflação, o crescimento real é de apenas 7,2%, segundo a Confederação Nacional de Municípios (CNM).

Para fevereiro, a Secretaria do Tesouro Nacional (STN) prevê aumento de 36%, em relação ao mês de janeiro. Para março, é o contrário: dever haver uma queda de 38% em comparação a fevereiro.

O acumulado dos três decêndios de janeiro deste ano somam R$ 7,015 bilhões. No mesmo acumulado do ano passado, o total era R$ 7,567 bilhões. Em termos nominais, houve queda de 7,3%, e em termos reais, a redução foi mais acentuada, chegou a 12,4%.

A CNM reitera que nos valores acumulados não constam o montante extra repassado no dia 8 de janeiro. Este repasse ocorre separadamente, porque a Receita Federal tem um programa que parcela as dívidas de vários impostos. Se considerarmos o repasse extra, o valor repassado para janeiro foi de R$ 8.131.999.651,64.

Em comparação com o ano passado, que também teve repasse extra, houve um crescimento nominal de 1,7%.

Galeno Torquato está entre os deputados estaduais do PSD que tomarão posse no próximo domingo (1º).

No próximo domingo, dia 1º de fevereiro os deputados do Partido Social Democrático (PSD) no Rio Grande do Norte serão empossados. A lista dos deputados do PSD é formada por três deputados estaduais e um deputado federal.

"A atuação dos deputados do PSD será voltada para o desenvolvimento social e econômico dos municípios do Rio Grande do Norte", comenta o presidente estadual do PSD e governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD).

O PSD terá como representante na bancada federal em Brasília, o deputado Fábio Faria (PSD), eleito para o seu 3° mandato consecutivo. Fábio toma posse também no dia 1º de fevereiro ainda pela manhã, já que as solenidades na Câmara terão início às 10 horas.

A Assembleia Legislativa também empossa às 17 horas os deputados estaduais José Dias (PSD), reeleito para o seu 8° mandato e os novos deputados: Galeno Torquato (PSD) e Dison Lisboa (PSD).

José Galeno Diógenes Torquato 
Galeno Torquato nasceu em São Miguel, em 4 de maio de 1969. Passou boa parte da sua infância em sua cidade natal e estudou medicina em Natal, especializando-se posteriormente em ginecologia e obstetrícia em Brasília. Após terminar a pós-graduação, retornou a São Miguel. Por vários anos, o médico trabalhou no Hospital Regional Dr. Cleodon Carlos de Andrade, em Pau dos Ferros.

Galeno foi eleito prefeito de São Miguel em 3 de outubro de 2004, com 6.294 votos, dando continuidade a uma tradição política iniciada pelo seu pai, José Torquato, que foi prefeito do município por três mandatos e eleito deputado estadual. Nas eleições de 5 de outubro de 2008, foi reeleito com 7.512 votos.

Durante seus dois mandatos como prefeito, José Galeno fez importantes obras no município, entre elas a recuperação do Parque da Lagoa de São Miguel (abandonado durante muitos anos), a reforma da praça São Miguel Arcanjo, construção de unidades de saúde, creches escolares e ginásios poliesportivos e a pavimentação de diversas ruas. Em 2007, foi classificado pela empresa Stúdio Comunicação como um dos melhores prefeitos do Norte-Nordeste do Brasil.

Desde 2013, Galeno Torquato é filiado ao Partido Social Democrático (PSD), tendo obtido como candidato a deputado estadual, no pleito de 2014, mais de 63 mil votos, tornando-se o segundo mais votado do estado, ficando atrás apenas do atual presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, Ricardo Motta.
 
Fonte: Politica Pauferrense

Com Articulações de Galeno Torquato, o depuatado Ezequiel Ferreira deverá ser eleito presidente da Assembleia Legislativa do RN.

Nas ultimas eleições o ex-prefeito de São Miguel, Galeno Torquato foi eleito deputado estadual com uma votação que superou os 60 mil votos se tornando o segundo mais votado do estado. O deputado ja foi diplomado e tomará posse no proximo domingo dia 1º de Fevereiro.

Logo após o resultado das urnas que consagrou sua vitória o deputado não parou, passando a participar e tornando-se um dos mais bem postados conselheiro político do governador Robinson Faria.

Galeno Torquato tem dado demonstrações de que não está na política para brincar, ele foi o grande articulador e defensor da eleição de Silveirinha (prefeito de Mossoró) para presidente da FEMURN. Que na oportunidade derrotou Benes Leocádio, prefeito de Lajes, que era tido como favorito pela imprensa e pela classe política estadual. O deputado Galeno Torquato comprou esta briga e elegeu o prefeito de Mossoró presidente da FEMURN.

Sempre muito próximo do governador, e muito bem articulado o deputado Galeno Torquato decidiu lançar seu nome a presidência da Assembléia Legislativa e agiu nos moldes de um bom mineiro, atirou na presidência na tentativa de acertar outro alvo, possivelmente será eleito 1º secretário da Assembléia e de quebra ainda receberá o ônus da eleição de Ezequiel, caso sejam eleitos.

Hoje, Galeno está trabalhando afincadamente para a eleição da Assembleia legislativa. As articulações estão em alta nos bastidores tendo o deputado como representante do governador Robinson Farias. Até agora o que temos noticias é que a chapa formada e articulado pelo deputado conta com os nomes de: Ezequiel presidente, Gustavo Carvalho vice-presidente e o deputado Galeno Torquato primeiro secretário.

Segundo informações obtidas em primeira mão por este editor a chapa conta com 13 votos, que daria vitória simples a chapa para presidente ao deputado Ezequiel Ferreira. Como existe eleição separada para vice presidente e para 1º secretário,  possivelmente a disputa pela 1º secretária que tem o nome do deputado Galeno Torquato deverá obter mais de 16 votos.

Os deputados estão todos em campo para esta que promete ser a mais disputada eleição de todos os tempos na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte.

Município de Pau dos Ferros recebe visita do governador do Estado na próxima semana

Na terça-feira, 3, o prefeito Fabrício Torquato estará recebendo o
governador do Estado, Robinson Faria, que virá ao município de Pau dos
Ferros pela primeira vez depois de eleito no pleito de outubro do ano
passado.

Dentro da programação, o chefe do Executivo estadual irá realizar a
entrega de sementes aos agricultores e visitará as dependências do
Hospital Regional Dr. Cleodon Carlos de Andrade.

A vinda do governador à cidade, resultado de uma articulação de Fabrício
Torquato com o deputado estadual Galeno Torquato, será importante para
integrar as gestões e se pensar em políticas públicas que beneficiem a
população local e do Alto Oeste.

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Poeta das biografias: O Jornal de Hoje entrevista o cordelista Marciano Medeiros.



Um dos principais nomes do cordel potiguar, Marciano, fala sobre suas origens, premiações e produção em entrevista.

O Jornal de Hoje entrevista o cordelista Marciano Medeiros. Nascido em Santo Antônio aos 18 de setembro de 1973, toda sua origem familiar é de Serra de São Bento. Desde adolescente observava seu pai João Batista de Medeiros (Joca de Zé Bisel), ler e cantar belos romances clássicos em cordel e depois ouviu seu avô materno, José Salustino Moreira, declamar inesquecíveis estrofes do Pavão Misterioso. Membro da Academia Norte-rio-grandense de Literatura de Cordel, Marciano ficou em primeiro lugar em outubro de 2014, num concurso de cordel promovido anualmente pela COSERN. Confira estes e outros detalhes na entrevista com o autor a seguir.

De onde vem o seu gosto pelo cordel?

Vem de minha infância e adolescência, quando escutava meu pai cantando lindas estrofes dos cordéis clássicos. Ele deitava numa rede em nossa casinha na Serra do Meio e lia romances enormes, que para mim eram verdadeiros filmes feitos com palavras. Tivemos uma vida meio nômade e nos mudamos para várias cidades, porém permanecemos mais tempo em Parnamirim. Quando eu vinha visitar a serra, sempre ficava na casa de José Salustino e dona Izabel Viana, meus avós pelo lado materno. O senhor José Salustino tinha dezenas de estrofes decoradas e declamava o Pavão Misterioso. Então resumidamente foi deste modo que comecei a apreciar romances de cordel.

Qual foi sua primeira obra escrita?

Em 1910 existiu uma história dramática e sangrenta em Serra de São Bento, sempre contada por meu pai e coincidentemente por José Salustino, avô que acabei de mencionar na pergunta anterior. Eles narravam uma briga que envolveu Luiz Amâncio, Minô Targino e Cândido Luiz. Neste período alguns poderosos de Serra de São Bento que acabei de citar, se uniram contra Cândido, um trabalhador rural, de pequena estatura, negro e pobre. Minô querendo agradar seu amigo resolveu espancar o trabalhador, por causa de uma questão dele com Luiz Amâncio. Cândido assassinou o fazendeiro e teve uma fuga espetacular, sem sofrer qualquer punição, pois terminou sendo absolvido num júri ocorrido em Nova Cruz. Eu gravei uma entrevista e escrevi meu primeiro trabalho que me atrevi a publicar. Era cheio de falhas, algumas rimas erradas e muitas desmétricas. Depois fiz uma revisão e melhorei a qualidade do trabalho. Hoje já tenho mais de 20 folhetos publicados.

Como surgiu este apelido de poeta das biografias?

Tenho um amigo que foi incentivador da criação da Academia de Cordel, o Gutenberg Costa. Ele começou a ver folhetos de minha autoria contando a vida de Clara Camarão, poeta Diógenes da Cunha Lima, jornalista Joaquim Pinheiro, alguns políticos do Rio Grande do Norte, do alagoano Teotônio Brandão Vilela e muitos outros, que vieram posteriormente, a exemplo de Câmara Cascudo, a vida Lampião publicada pela Editora Luzeiro, José Wilker, Marinho Chagas, José Saldanha, Abaeté do Cordel, Rita de Cássia Soares, Ronaldo Cunha Lima e Divaldo Franco, entre outros. Então observando toda essa produção de perfis biográficos, Gutenberg pegou a me chamar de poeta das biografias. Eu confesso que gostei, pois aprendi a fazer estes perfis ouvindo violeiros, a começar de Helânio Moreira, um jovem e talentoso repentista de Serra de São Bento. Depois escutei os irmãos Pereira cantando a vida do papa João Paulo II, em treze sextilhas. Logo percebi, digamos assim o segredo da coisa, pegar o essencial e fazer a ligação entre as partes. Aprendi a narrar episódios e colocar também um pouco de poesia nas estrofes. Foi deste modo que surgiu a referida alcunha de poeta das biografias.

Como se deu sua entrada na Academia de Cordel?

Em 2011 Gutenberg Costa, Hélio Gomes Soares, Marcos Medeiros e Abaeté do Cordel, ao lado de outros companheiros começaram um movimento para criação de uma Academia de Cordel, a ser fundada no Rio Grande do Norte. Abaeté e Hélio por razões pessoais se afastaram, ainda na fase de elaboração da referida instituição. Outros persistiram e tivemos uma bela noite, onde começamos este movimento, numa solenidade ocorrida na Academia de Letras do Rio Grande do Norte. Assumiu a presidência a professora e poetisa Rosa Regis. Passei a integrar a cadeira de número 31 e meu patrono é Luiz Gonzaga Felipe Neris.

Fale sobre sua recente premiação, quando e como isso ocorreu?

A COSERN criou um prêmio de cordel que já está em sua oitava edição, eu cheguei a participar de cinco delas. Nunca sabia nem de minha classificação. Em 2014 o tema foi muito bom: Comportamento seguro a vida acima de tudo. Tive uma inspiração e elaborei narrativa dramática, procurando mostrar as consequências da sexualidade feita de modo irresponsável. Intitulei o trabalho de: Confissões de um sedutor. Diante do quadro de grandes e experientes poetas de Mossoró, Caicó e de Pau dos Ferros representado pelo poeta Manoel Cavalcante, que já venceu uma edição e ficou com excelente colocação noutra, cheguei a pensar que um terceiro lugar já seria algo a ser comemorado. Afinal concorrer com numerosos craques da poesia, como eu os chamo, de verdadeiros “Thomas Müller do cordel”, numa alusão ao jogador alemão vencedor com sua equipe da última Copa do Mundo, não é uma tarefa fácil. Eu estava no auditório da Flicks, quando anunciaram meu trabalho em primeiro lugar na categoria livre. Deste modo fiquei muito feliz e vivi uma semana de grande emoção, pelo reconhecimento do meu esforço e persistência.

Existem grandes poetas na atualidade, escrevendo cordéis?

Sim, a começar pelo Rio Grande do Norte, onde temos muitos nomes atuantes e naturalmente não posso mencionar todos. Relembro um poeta extraordinário, nosso Xexéu de Santo Antônio do Salto da Onça. Antônio Francisco de Mossoró, Crispiniano Neto, Paulo Varela, Bob Motta, Manoel Cavalcante, Rosa Régis, José Acaci, Izaias, Hélio Pedro, Hélio Alexandre, Manoel Silva, Marcos Medeiros, Rariosvaldo Oliveira, Abaeté, Hélio Gomes Soares, Sirlia Lima, Rita Cruz, Gil Ribeiro e Nando Poeta, que está se especializando na história do cangaço. Já em nível nacional temos os irmãos Viana do Ceará, Moreira de Acopiara, Varneci Nascimento com quem aprendi a reforçar o zelo na produção das estrofes, Marco Haurélio e muitos outros que não dar para citar, pois sempre faltará alguém. No setor da pesquisa histórica o professor Aderaldo Luciano está mostrando um pensamento inovador sobre a origem do cordel, que é fundamentalmente brasileira. Na Europa se fez no máximo um embrião e a “criança”, falando figuradamente, floresceu entre a Serra do Teixeira e Recife, com Silvino Pirauá de Lima e Leandro Gomes de Barros, verdadeiros gênios que deram identidade ao cordel brasileiro, completamente , Crispiniano Neto, Paulo Varela, Bob Motta, Manoel Cavalcante, Rosa Régis, José Acaci, Izaias, Hélio Pedro, Hélio Alexandre, Manoel Silva, Marcos Medeiros, Rariosvaldo Oliveira, Abaeté, Hélio Gomes Soares, Sirlia Lima, Rita Cruz, Gil Ribeiro e Nando Poeta, que está se especializando na história do cangaço. Já em nível nacional temos os irmãos Viana do Ceará, Moreira de Acopiara, Varneci Nascimento com quem aprendi a reforçar o zelo na produção das estrofes, Marco Haurélio e muitos outros que não dar para citar, pois sempre faltará alguém. No setor da pesquisa histórica o professor Aderaldo Luciano está mostrando um pensamento inovador sobre a origem do cordel, que é fundamentalmente brasileira. Na Europa se fez no máximo um embrião e a “criança”, falando figuradamente, floresceu entre a Serra do Teixeira e Recife, com Silvino Pirauá de Lima e Leandro Gomes de Barros, verdadeiros gênios que deram identidade ao cordel brasileiro, completamente diferente das poucas obras feitas em Portugal diferentes na estrutura dos nossos romances, algumas escritas pelo cego Baltazar Dias por exemplo. Então voltando ao assunto temos valorosos poetas exercendo a profissão de cordelistas e o professor Aderaldo Luciano enriqueceu a lacuna da pesquisa fundamentada, com fortes e convincentes argumentos.

Qual foi sua última obra e tem alguma pra vir em 2015?

Em novembro de 2014 publiquei um romance de 32 páginas intitulado: Lindo amor que floresceu nas páginas do Facebook. Tive grande aceitação com a trama moderna ambientada em Serra de São Bento, na Escola Estadual Joaquim Torres. Esgotei a primeira edição praticamente, dela tenho poucos exemplares, vou reimprimir e continuar divulgando em todas as escolas que puder. Biografias tenho três para finalizar, uma sobre Valdetário Carneiro, outra sobre o ex-governador Dinarte Mariz e uma homenagem que amigos vão fazer a um vereador de Parnamirim, chamado Ricardo Gurgel. Antes do cordel sobre o amor no Facebook, também elaborei um perfil de Eduardo Campos.

O que você pode dizer a um cordelista iniciante?

Se minha experiência puder auxiliar alguém, recomendo que leiam os clássicos, Leandro Gomes de Barros, José Camelo de Melo Rezende, Delarme Monteiro, Manoel D`Almeida Filho, Antônio Teodoro dos Santos, Severino Borges e muitos outros. Não abandonemos o folheto, publicar livros é legal, mas o folheto e o romance devem continuar. Tenham cuidado com as revisões, não para se adequar a aprovação de alguém, mas para oferecer um trabalho de qualidade. Procurem aprimorar a métrica, as rimas e a correção gramatical. Outro fator importante é o sentimento poético. O escritor Fernando Sabino disse que em certa oportunidade estava escrevendo um trabalho e ligou para um amigo, que relembrou determinado intelectual e repetiu o pensamento do mesmo para Fernando: “Não seja biscoiteiro, construa uma obra de arte”. Acho que essa deve ser uma preocupação constante, de todo aquele que acredita ser poeta.

Câmara Municipal de Pau dos Ferros vira “casa da mãe joana”

Quem convocou a sessão não compareceu

Nunca a expressão cego em tiroteio foi tão bem representada como pela atual mesa diretora da Câmara Municipal de Pau dos Ferros. Gilson Rêgo, Gugu Bessa e o Gordo do Bar definiram como prioridade atacar quem em algum momento ou por algum motivo não se curvou ao ex-prefeito Leonardo Rêgo.

Já não bastasse a “estratégia” subserviente, os três membros da mesa diretora se contradizem nas próprias palavras e atos. A presidência havia convocado os vereadores para a primeira sessão extraordinária do ano, marcada para esta terça-feira (27), onde a pauta era tão somente decidir pela extinção do mandato do vereador Edgar Queiroz.

Às 10h da manhã, hora marcada para o início da sessão, os vereadores foram surpreendidos pelo não comparecimento dos membros da Mesa diretora. Ninguém sabe qual é a estratégia dos três. Se tudo não passa de pressão ou algo mais bem elaborado.

Fonte: Glauber Nascimento

ENTRELINHAS


Reassumindo nosso compromisso:
Para reafirmar nosso compromisso em fazer jornalismo sério e comunicar sempre a verdade dos fatos uso um pequeno parágrafo de Márcio Del Cistia.
"Um calo profissional, originado da necessidade de explicitar conceitos tão claramente que conseguissem adentrar as cucas mais amuralhadas em defesas, faz-me buscar precisão clínica na escolha de palavras. Assim, nada de tecnalidades preciosistas, nem eufemismos nebulizantes: apenas termos comuns construindo pontes onde a comunicação possa fluir com a limpidez - e a dureza - de um cristal." 

Frutuoso Gomes
Faltando 20 dias para o inicio do carnaval 2015 a prefeitura de Frutuoso Gomes através da secretária Janda anuncia as principais atrações do tradicional carnaval da cidade. “Fizemos tudo que foi possível com os poucos recursos que temos, escolhemos as melhores atrações que existe na região e teremos um dos melhores carnavais do Alto Oeste” disse Jandiara Jácome antes de anunciar as atrações. Na Sexta Feira (13), a cidade receberá no Planeta Casa Show Dan Ventura em um evento privado. Nosso carnaval de rua começa no Sábado, dia 14 e vai até a Terça Feira, dia 17. Nós escolhemos Banda Inala Samba, João Neto Pegadão, Roberto Palito ex - terríveis, Ewerton Bakulejo, Suwingado, Briola Eletrico, Trio Pegada, Farra de Playboy, Alex Motta e Forró de Nós. Todas as bandas se apresentarão no palco da praça de eventos às 17 horas. O prefeito Dr. Lucídio Jácome está investindo muito na segurança do nosso carnaval para que não ocorra nenhum transtorno com o folião que venha visitar nossa cidade. Este ano nós teremos o maior carnaval do planeta, rimou a secretária que está trabalhando todos os dias para que Frutuoso Gomes tenha um grande carnaval.
 
Lucrécia.
O prefeito Walter Araújo reiniciou esta semana uma série de pavimentação e calçamentos em várias ruas da cidade de Lucrécia. O prefeito comentou a importância destas obras para a qualidade de vida dos moradores, que há vários anos aguardavam estas melhorias. “Nosso município está fazendo desde do começo da nossa administração vários investimentos em obras de pavimentação. São várias frentes, esperamos ate o final do nosso mandato concluir com toda a pavimentações que ainda falta na nossa cidade, tanto na zona urbana como na rural”.

Açude de Lucrécia.
Através do Facebook o prefeito Walter Araújo respondeu algumas perguntas sobre o açude. “Para as pessoas que nos pergunta sobre o açude. Protocolei ofício na CAERN pedindo providências de melhoria no tratamento da água, reativação do filtro de carvão ativado entre outras providências. Estamos procurando os órgãos competentes para melhorar a pouca água que nos resta. Além disso, e esperar por um bom inverno que melhore a condição de abastecimento de nossa comunidade”.

Pau dos Ferros.
A Barragem de Pau dos Ferros vive com volume morto, restando menos de 1,6% do seu volume de água. A foto é do renomado fotografo Toinho Dultra, que tem nos fornecido através do seu trabalho a triste realidade da nossa barragem.
Câmara de Vereadores de Pau dos Ferros.
Uma palhaçada ocorreu hoje na câmara de vereadores de Pau dos Ferros, O vereador Gilson Rêgo que está no momento sendo presidente da câmara, fez uma convocação extraordinária para votar a extinção do mandato do vereador Edgar Queiroz. Sem dar nenhuma explicação o vereador Gilson Rêgo não apareceu na sessão convocada por ele, muito menos justificou o porquê do cancelamento da convocação extraordinária.

Em Plenário.
Os vereadores Antonio Avelino, Edgar Queiroz, Itacíria Aires (Bolinha), Eraldo Alves, Tercia Batalha e Kasumaro estavam em plenário esperando o presidente Gilson Rêgo ou o vice-presidente Francisco José (Gordo) ou o primeiro secretário Gugu Bessa aparecer para começar a sessão, foi quando a secretária do vereador Gilson Rêgo fez o comunicado informando que não haveria mais a sessão, e que ela tinha sido cancelada.

Denuncia.
A vereadora Tercia Batalha fez acusações de falsificação de documento no processo que concedeu a liminar e validou a eleição antecipada de Gilson Rêgo. “Nós sabemos que foi feito documentos falsos, e que burlaram documento para dar entrada na justiça, isso é muito perigoso e nós não poderíamos ser coniventes” disse Tercia que irá nos colocar a par destas denuncias na próxima semana.

Do Blog: Alguns vereadores tem praticado a política mesquinha que viveu a cidade de Pau dos Ferros na administração de Leonardo. O vereador Gilson Rêgo imbuído desta mesquinhez tenta dissolver o mandato de Edgar Queiroz. Não tenho conhecimento jurídico da questão, mas deixo uma pergunta no ar. Qual a sustentação jurídica que o presidente da câmara Gilson Rêgo possui para julgar um processo que ainda está em transito na justiça? Será que o vereador Gilson Rêgo está pensando em derrubar a liminar do STE? Com a palavra os assessores jurídicos.

Serrinha dos Pintos.
Aproveitando a estação do verão e as férias o ex-prefeito Chiquinho de Ana está em Natal fazendo uma série de exames e cuidando da sua saúde. Chiquinho a cada resultado dos exames comemora e fica muito feliz por está cumprindo rigorosamente as determinações médicas. O homem tá um pavio, novinho em folha pronto para aceitar qualquer desafio que venha ser necessário. Nós que acompanhamos um dos momentos mais difícil da vida de Chiquinho, a quase três anos atrás o mesmo passava por uma cirurgia que marcaria sua vida pra sempre, mas hoje graças a Deus o homem está pronto para qualquer desafio.

Fuxico ou Futricas.
Se alguém está pensando que pode criar futrica entre Chiquinho e a prefeita Rosânia Teixeira pode tirar o cavalinho da chuva, os dois estão totalmente afinados e não será um fuxico de A, B e C que irá afasta-lós, apesar de existir uma enorme torcida. Um recado, ninguém pode falar em nome de Chiquinho, o mesmo quando quer dizer algo, ele vai e diz. Não manda recado. Ponto Final.

Vereador Clementino.
O vereador Manoel Clementino nos informou através do telefone que os trabalhos da câmara municipal de Serrinha dos Pintos deverão voltar no próximo dia 02 de Fevereiro. O vereador sempre atencioso a nossa pessoa nos convidou a participar da sessão que abrirá o ano legislativo daquela casa. Agradecemos desde já o convite e caso não tenha nenhuma agenda predefinida iremos sim acompanhar a volta dos trabalhos da câmara municipal de Serrinha dos Pintos.

Exposição Fotográfica.
Aconteceu no terminar turístico de Serrinha dos Pintos a exposição fotográfica “Conheça a sua cidade de perto” do artista plástico Sildomar Gomes de Queiroz, que quis através da exposição resgatar um pouco a história do município de Serrinha dos Pintos.
Quadro de Confoça

PATU - Prefeita Evilásia Gildenia pede mais prazo para que condutores de motocicletas possam se adequar as norma exigidas pela lei.

Estiveram reunidos na manhã desta terça-feira (27), no gabinete do Dr. Valdir Flávio Lobo Maia, Juiz de Direito da Comarca de Patu, a prefeita Evilásia Gildênia, o Secretário de Administração e Finanças Rivelino Câmara e a capitã Miriam Suassuna, para juntos buscarem meios para amenizar o impacto do comunicado judicial emitido no dia 20 passado que trata do uso do capacete por parte dos condutores e passageiros e exigência da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).
De acordo com o secretário Rivelino, o poder executivo, pensando em toda a comunidade, tomou a iniciativa de buscar um diálogo com o judiciário para que o prazo que até então seria 1º de fevereiro para a exigência da CNH, pudesse ser alterado, dando assim um maior espaço de tempo para que todos os condutores pudessem se adequar às regras. "Tão logo tomamos ciência do comunicado judicial, tratamos de buscar um diálogo com o judiciário para que juntos pudéssemos, dentro da lei, amenizar os impactos da exigência imediata da apresentação da CNH", disse.

Ainda segundo o secretário, o senhor juiz Dr. Valdir Flávio, se mostrou bastante receptivo e explicou que o comunicado veio reforçar a importancia do uso do capacete, o que não estava sendo cumprido no município, e que por isso, decidiu dentro das normas da lei de trânsito, solicitar a apresentação da CNH por parte de todos os condutores. "A obrigatoriedade do uso do capacete já está em vigor no município, no entanto, constatamos diversas irregularidades e desobediências, o que nos levou a reforçar às medidas e cobrar também à CNH, no entanto, quero deixar claro que esta exigência ocorreu devido à desobediência dos mesmos quanto ao uso do capacete, que se voltar a ser usado como equipamento de segurança obrigatório, a CNH não será exigida" disse o Senhor Juiz.
Para o Dr. Valdir, é de suma importância que todos os condutores se adequem às leis, para que não estejam passíveis de penalidades. "todos os condutores e passageiros devem intensificar o uso do capacete, não só para a sua segurança pessoal, mas também para cumprir as normas da lei que regem a nossa sociedade, assim como também devem buscar meios para manter o seu veículo devidamente legalizado e obterem uma CNH que é exigida em todo território nacional", finalizou.

SECOM